Fitness

CONFIRA CINCO TRATAMENTOS PROMISSORES PARA ACABAR COM GORDURA LOCALIZADA, FLACIDEZ, ESTRIAS E CELULITE.

A busca pelo corpo perfeito já fez do Brasil o número 1 do ranking de cirur- gias plásticas. Segundo a mais recente pesquisa da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps, em in- glês), todavia, o país caiu uma posição, fican- do em segundo lugar, com 1,22 milhão de procedimentos realizados em 2015, quase 120 000 a menos que em 2014. A responsabi- lidade pela queda é, em parte, consequência da ascensão dos tratamentos estéticos, que surgem como uma alternativa menos invasi- va, mais barata e, o mais importante, com re- sultados similares.

A seguir, a dermatologista Tathya Taranto lista cinco novas técnicas para reduzir medi- das e deixar a superfície da pele mais lisa.

VELASHAPE III

Indicada contra celulite, flacidez e gordura localizada, a versão mais moderna do aparelho promete uma verdadeira remodelação corporal, com tecnologia que combina radiofrequência, energia infravermelha e uma ponteira que faz calor, vácuo e massagem. Atinge mais rapidamente a temperatura ideal, é três vezes mais potente e promove a morte das células de gordura. O ideal é que sejam feitas quatro sessões, com intervalos de quinze dias. Os resultados podem ser observados a partir da segunda sessão.

TIGHTSCULPTING (FOTONA)

O procedimento, indicado contra gordura localizada e flacidez, é não invasivo, indolor e alcança as camadas mais profundas da pele, promovendo a destruição das células gordurosas por meio do aumento seletivo de temperatura. Além de esculpir o corpo, estimula a produção de colágeno. São necessárias de três a cinco sessões, com intervalos quinzenais ou mensais. Os resultados começam a aparecer após um período de sessenta a noventa dias.

MMP (MICROINFUSÃO DE MEDICAMENTOS NA PELE)

Recém-lançada, a técnica estimula a produção de colágeno novo e melhora o aspecto geral das estrias, que vão reduzindo de espessura e tamanho, por meio do microagulhamento aliado ao drug infusion de substâncias. Para chegar aos resultados almejados, é importante completar cinco sessões, com intervalos mensais. A partir da segunda vez, já é possível observar a melhora da região tratada.

IPCA (INDUÇÃO PERCUTÂNEA DE COLÁGENO POR AGULHAS)

Um cilindro com microagulhas perfura as estrias violáceas e brancas, modificando sua superfície, desestruturando o colágeno alterado e favorecendo a formação de um novo colágeno e de novos vasos no local. São realizadas, em média, de quatro a cinco sessões, com intervalos de um mês. Os resultados surgem logo após a segunda sessão. O tratamento é feito sob anestesia tópica ou infiltrativa e, durante o período, deve-se evitar a exposição solar.

ÁCIDO POLI-L-LÁTICO (PLLA)

Considerado um bioestimulador, e não um preenchedor, o ácido poli-L- lático trata flacidez facial, corporal e celulite, induzindo a formação de colágeno e levando a um progressivo aumento na espessura da derme, por meio de uma resposta inflamatória controlada e subclínica no local da injeção. Recomendam-se três sessões, com intervalos de 45 dias e manutenções anuais. O colágeno começa a ser produzido após trinta a sessenta dias da primeira sessão e chega ao ápice com seis meses de tratamento.

Compartilhe:

Revista Saúde e Estilo

Revista Saúde e EstiloA SAÚDE&ESTILO entra em cena para levar conhecimento e informação ao seu leitor, agregando cuidados com a mente e com o corpo e estimulando a busca por uma vida de hábitos saudáveis. Mantendo, é claro, sua visão responsável sobre longevidade.

Outras postagens de: Revista Saúde e Estilo