ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

ERROS ALIMENTARES DE 2020 QUE NÃO DEVEM SE REPETIR

REVEJA OS MAUS HÁBITOS DO ANO ANTERIOR E INICIE 2021 COM UM NOVO FOCO

C om o início de novos ciclos, muita gente aproveita para colocar as metas em dia, e fazer diferente no ano novo. Quando fa – lamos em alimentação, a mudança pode ser mais fácil para uns do que para outros. Quem já estava acostumado a manter uma boa rotina de ali – mentação, de maneira geral, não sofreu muito com as mudanças ocasionadas pela pandemia e o perío – do de férias, pois, mesmo com alguns deslizes na dieta, foi capaz de voltar para a alimentação nor – mal. O problema é quem não tinha uma boa ali – mentação, piorou com a quarentena e agora está sofrendo com as consequências.

Atípico, o ano de 2020 acabou elevando o nível de estresse e ansiedade da população, em geral, in – terferindo até mesmo em sonhos que estavam sen – do colocados em prática. Com isso, muitas pessoas usaram a alimentação como “válvula de escape”, e as taxas de sobrepeso começaram a subir. A situa – ção fica ainda pior quando evolui para outras doen – ças, como a obesidade. Um erro comum foi o con – sumo exagerado de alimentos prejudiciais à saúde. O sedentarismo ocasionado pela quarentena tam – bém foi ruim para quem queria e precisava emagre – cer. Apesar de muitas pessoas optarem pelos exer – cícios em casa, muitas não tinham a mesma persis – tência ou disposição para esse hábito, e com as academias fechadas, na maior parte do tempo, ficou tudo ainda mais difícil.

A boa notícia é que dá para recuperar e começar a ter uma vida leve e saudável. Os erros cometidos no último ano podem e devem ser utilizados como lição no processo de reeducação alimentar.

Comece por fazer um balanço e entenda o que te influenciou no descontrole. Foi o excesso de ali – mentos industrializados? O excesso de alimentos ricos em carboidratos refinados? As bebidas alcóo – licas? Em cada caso, a situação pode ser diferente. O ideal é retirar esses alimentos do cardápio, por algumas semanas ou até meses. Para quem não pre – cisa perder tanto peso em números na balança, é uma boa forma de ver o corpo desinchar. Preze tam – bém por atividades que o relaxem, e que não envol – vam comida, necessariamente. Se for difícil, tente ao menos reduzir o número das porções consumidas durante esses momentos.

Mas se o seu problema for realmente sério e o excesso de peso influenciar de maneira negativa a saúde, é reco – mendada a ajuda profissional especializada. Para quem corre o risco de desenvolver obesidade ou já é vítima da doença, existem muitas opções de tratamento seguros para iniciar o ano mais saudável. Lembre-se: o primeiro passo é buscar o médico, e, após avaliação, a melhor opção dada pelo profissional é aquela ideal para o seu tratamento.

Compartilhe:

Bruno Sander

Bruno SanderÉ cirurgião geral, endoscopista, gastroenterologista e diretor clínico do hospital Dia Sander Medical Center. CRM-MG: 41490 RQE cirurgia geral: 14270 RQE Endoscopia: 32354 RQE Gastroenterologia: 41292

Outras postagens de: Bruno Sander